• Indicações

    Posted on Janeiro 15, 2012 by in Produtos

    Indicações de uso Interno

    . Asma; Enfisema (paralelamente com a terapia do limão, deve erradicar-se os regimes hiperprotéicos)

    . Infecções pulmonares, Tuberculose pulmonar e óssea, Bronquite crônica, Constipações e Gripes

    . Afecções Cardiovasculares, Varizes e Flebites

    . Fragilidade capilar; Dermatites várias, Prurido, Eczema e Despigmentação

    . Hiperviscosidade sanguínea (fluidificante sanguíneo)

    . Doenças infecciosas (coadjuvante no tratamento de mononucleoses, leucocitoses, blenorragias, sífilis, etc.)

    . Paludismo e Piorréia alvéolo dental

    . Febres (infusão de folhas de limoeiro e/ou cascas do fruto, podendo juntar-se o suco)

    . Gastrites, Dispepsias e Aerofagias (também se podem mastigar finas lascas da casca do citrino)

    . Úlceras de estômago e do duodeno, Esofagite de refluxo

    . Insuficiência hepática e pancreática; Icterícia e congestão hepática (utilização e quantidades adaptados a cada caso)

    . Desinteria, Diarréias, Febre tifóide e Hemorróidas

    . Colites, Meteorismo e Parasitas intestinais (ralar a casca do limão e fervê-la em água, com ou sem açúcar)

    . Fortalecedor da visão, Glaucoma e Hipertensão ocular

    . Hemorragias, Hemofilia e Escorbuto

    . Astenia, Anemias e Desmineralizações (aumenta a capacidade imunológica)

    . Amamentação, Obesidade e Disfunções metabólicas (reequilibrante)

    . Hipertensão arterial; hipotensão arterial (regulador da pressão)

    . Afecções do sistema nervoso (fortalece e equilibra. As flores do limoeiro são também muito benéficas)

    . Diabetes, Leucemia (preventivo), Cancro (preventivo), Enfarte (preventivo) e Tromboses; embolias (preventivo)

    . Escleroses, Arteriosclerose, Doenças reumáticas e Artrites

    . Descalcificações, Linfatismo e Ascites

    . Retenções urinárias e Litíase urinária e biliar

    . Prevenção de epidemias, Antitóxico; Antivenenos

    Indicações de uso Externo

    . Conjuntivites; Fortalecedor da visão (gota do suco utilizada como colírio) e Tonificante ocular (banhando os olhos, de manhã, ao levantar, com água acidulada por algumas gotas de limão)

    . Cefaléias (neste caso, colocar compressas embebidas em sumo na fronte e nas têmporas)

    . Febre do feno, Sinusites e Anginas

    . Hemorragias nasais (epistaxis) e Otites

    . Estomatites, Glossites, Aftas e Sifílides bucais

    . Blefarites, Terçóis e Herpes

    . Dermatoses (erupções, furúnculos, etc), Feridas infectadas e Picadas de insetos

    . Verrugas, Seborréia facial, Tônico e adstringente facial

    . Unhas quebradiças e Pés sensíveis (friccionar com sumo ou polpa)

    . Queda do cabelo (fazer lavagens e fricções do couro cabeludo com o sumo puro)

    . Tonificante corporal (juntando suco de limões espremidos à água do banho)